Skip to main content

Assinatura digital permite que inquilino mude em poucos dias

Garantia de aluguel e intenção de compra e venda já podem ser realizadas a partir de smartphones e computadores

Que o tempo anda escasso já não é novidade. Principalmente para quem mora nas grandes cidades e perde muito tempo no trânsito. Por isso, o que for criado com intuito de oferecer agilidade nos processos burocráticos tem tudo para ganhar um número grande de adeptos. E isso já é uma realidade no mercado imobiliário brasileiro depois do surgimento da assinatura digital.

A solução é uma técnica que utiliza criptografia para conferir segurança e integridade aos contratos digitais. Ela tem a mesma validade jurídica do que o papel e é amplamente aceita por órgãos públicos. Antes dela, para assinar um acordo de locação, por exemplo, seria necessário que as partes envolvidas se deslocassem até um cartório, investindo tempo e energia. No caso dos interessados residirem em cidades diferentes, o processo ficava ainda mais lento e caro.

Por meio da internet, processos burocráticos, como a assinatura de um contrato, seguro-fiança, garantia aluguel e até a intenção de compra e venda podem ser realizadas a partir de smartphones, computadores ou tablets com conexão, agilizando formalidades e permitindo todo o acompanhamento dos trâmites em tempo real.

Vantagens

Segundo o levantamento da DocuSign, essa prática contribuiu até o momento para que imobiliárias reduzissem em até 80% do tempo de fechamento de contratos de alugueis e permitissem que inquilinos se mudassem no dia seguinte da assinatura do contrato.

Além disso, em 2018 esse segmento apresentou crescimento de 19,2% na venda de novos imóveis, segundo a pesquisaIndicadores Imobiliários Nacionais da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), realizada em parceria com o Senai Nacional.

“A plataforma oferece agilidade e diferencial competitivo para as imobiliárias, que passam a gerir melhor seus negócios. Além de reduzir custos com impressão, transporte e armazenamento de documentos, a solução permite que os clientes assinem documentos a qualquer momento, usando praticamente qualquer dispositivo móvel”, comenta Gustavo Brant, vice-presidente de vendas da DocuSign na América Latina.

O uso da tecnologia, além de diminuir o tempo da formalização, também resultou em economia financeira, eliminando gasto com envio de documentos em papéis, impressão e cartório. Segundo a empresa, 30% das negociações foram realizadas digitalmente no Brasil. Já nos EUA, esse número chega aos 80%.

FONTE: Jornal Estdão

Comentários

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: