Skip to main content

Lindenberg Timboril: a harmonia entre a arquitetura e o paisagismo

A arte de planejar e preservar o espaço livre, assim pode ser definido o paisagismo. Implementar esta técnica dentro de um empreendimento é fundamental, pois além de agregar valor ao imóvel, um espaço aberto bem planejado oferece qualidade vida e momentos de lazer aos moradores.

Benedito Abbud

Fazer um projeto que conversasse com a arquitetura de forma harmônica. Este foi o objetivo do arquiteto paisagista de São Paulo, Benedito Abbud, com o empreendimento Lindenberg Timboril de Piracicaba, da Construtora Adolpho Lindenberg.

Já na entrada, em frente ao portal, os moradores e visitantes são recepcionados por duas árvores bem grandes, o tamboril, também conhecido como Timboril.  “É uma árvore que chega a 35 metros de altura. Ela é majestosa, monumental. Uma característica interessante dela são as sementes dos frutos, é uma vagem na forma de um ‘c’”, disse. “É um projeto que fizemos com muito cuidado. Plantamos o Timboril na frente, para ele pudesse se desenvolver, ele dá uma identidade, é na verdade um símbolo”, completou.

Passando o portal, o morador tem acesso a uma grande praça com espelho d’água pontuado por uma planta escultural, a kaizuka. “Essa praça também tem plantas floríferas. As pessoas são recebidas por ela como se fosse um grande tapete vermelho. Trabalhamos um conceito importante do portal para a praça, criamos um percurso pensando na surpresa, uma vez que no paisagismo, surpresa é sinônimo de beleza”, relatou.

Abbud explicou também que não é apenas a seleção das espécies que o paisagismo se preocupa, elementos para tornar a área externa mais segura e confortável para os moradores também são inseridos no projeto, como bancos, brinquedos e equipamentos. “O playground foi desenhado especialmente para esse empreendimento, além de equipamentos de lazer, foram plantadas várias frutíferas, como jabuticabas e pitangas. Há bancos dispostos de forma que remeta a uma sala de estar para os adolescentes. Para os adultos e idosos, sala de jogos como bocha, além de área recreativa com piscinas e churrasqueiras”.

Os 5 sentidos

Outra característica interessante do projeto foi o uso de elementos que enalteçam os 5 sentidos: a visão, o olfato, o paladar, a audição e o tato. “Para a visão, foram usadas árvores floríferas para cada estação do ano, com formas diversas e texturas variadas, remetendo ao tato. Pensamos também nos aromas, usando gardênias. Temos várias frutas para o paladar, e o espelho d’água, cujo barulhinho bom encanta a audição”, disse.

Conheça o Residencial Lindenberg Timboril e encante-se!

Comentários

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: