Skip to main content

Portas de correr: tipos, materiais e soluções decorativas

Saiba porque as portas de correr são uma ótima solução para os diferentes cômodos de uma casa

Existem uma grande variedade de tipos de portas para você escolher. E os arquitetos usam a praticidade e a beleza como critérios para escolher o melhor modelo para a sua proposta artística.

Eles também levam em consideração – é claro – o gosto e as necessidades dos clientes. E de todos os tipos, parece que as portas de correr são mesmo suas melhores aliadas, aproveitando ao máximo o espaço de cômodos como a sala de estar.

Revista Viva Decora

Características das portas de correr

Há várias versões diferentes de portas de correr. Como seu próprio nome já diz, elas deslizam num movimento horizontal que combina perfeitamente com diversos casos, principalmente de apartamentos pequenos.

Suas folhas não ocupam quase espaço, otimizando toda a área livre da casa. Se uma versão comum atrapalharia o fluxo de pessoas, a com esse tipo de abertura é o oposto, liberando a transição.

Não há dúvidas de que as portas de correr podem mesmo deixar os ambientes de uma casa mais fluidos. Elas podem também integrá-los – inclusive com o mundo exterior – e, consequentemente, deixá-los mais amplos e arejados.

Isso porque elas abrem sua angulação através de trilhos, oferecendo a praticidade de criar ambientes personalizados de acordo com as necessidades instantâneas de cada morador.

Studio Scatena Arquiitetura

Assim sendo, por estas e outras características é que as portas de correr são consideradas uma das mais queridinhas dos projetistas. Para tal, a indústria da construção civil resolveu agradar os seus clientes e produzir peças em uma infinita variedade de formatos, materiais, estruturas, pesos, acabamentos e funções. Quase todas elas trazem muita sofisticação às propostas de arquitetura.

Leonardo Muller

“Um ambiente mais clean pede uma porta lisa, com revestimento liso (…); uma decoração mais clássica pede uma porta mais trabalhada (…); uma decoração rústica pede uma porta igualmente rústica. Em ambientes mais descolados, uma porta pode ser trabalhada como objeto de arte, e se tornar o centro das atenções.” – arquiteto Artur Diniz, em reportagem de Revista Zap Imóveis.

Karina Barakat

São opções de materiais utilizados em portas de correr: madeira plástica, mdf, madeira natural, madeira ecológica, alumínio, ferro, PVC e outros. As em vidro ou acrílico, por exemplo, são as mais vantajosas, pois não barram a passagem da luz natural – para manter a privacidade das pessoas, é melhor que sejam foscas.

Studio Fernanda Mancini Arquitetura & Design

Agora, as portas de correr também apresentam desvantagens. Uma delas é o seu desempenho quanto ao isolamento acústico. Outra é seu próprio funcionamento, que até é simples, mas somente possível através de muita limpeza e lubrificação de trilhos e roldanas.

O tempo e as intempéries podem-na entortar e ou emperrar. E para fazer um reparo só com a ajuda de profissional especializado – e num custo bem alto.

“(…) tem que ter uma estrutura que suporte essa carga. Ela tem que estar sempre muito bem nivelada para que ela não solte do trilho. Ou seja, tem que ter uma mão de obra qualificada.” – arquiteta Renata Inojosa, em reportagem de Revista Zap Imóveis.

RAP Arquitetura e Interiores

Como usar as portas de correr

Os arquitetos enxergam muitas possibilidades para as portas de correr. Eles podem as usar em todo o tipo e tamanho de ambiente, desde a cozinha a sala de estar, banheiro e área externa.

Andrea Petini

Como dito antes, esse tipo de abertura tem a vantagem de contribuir para a otimização dos espaços, permitindo uma amplitude generosa ou privacidade, de acordo com que for mais conveniente às pessoas.

Glaucio Gonçalves

Uma coisa interessante é que o conceito das portas de correr foi usado não só para o fechamento ou divisão de ambientes de edificações. Os projetistas souberam agregar valor a elas – colocando espelhos, venezianas e mais – e agregar o valor delas aos outros elementos da casa, como os móveis. Guarda-roupas, estantes e racks também podem ter o fechamento com folhas deslizantes.

Vanja Mais

Dicas extras sobre as portas de correr

O primeiro cuidado que uma pessoa tem que ter na hora de comprar uma porta de correr é avaliar a qualidade do seu material e de suas ferragens. Isso inclui também sua facilidade de manuseio e possível durabilidade.

A peça terá uma frequência de abertura intensa, então é importante evitar qualquer coisa que dificulte sua manutenção.

“O puxador é outro fator muito importante neste caso, pois ele tem que ser de pegada firme, não pode ser nada escorregadio ou que a mão não consiga agarrá-lo de forma firme… Puxadores ‘cava’, por exemplo, não é uma boa opção. Prefira os de tipo alça.” – arquiteta Ana Rita Sousa e Silva, em reportagem de Dicas de Mulher.

Devem-se evitar portas de correr com trilhos embutidos ou com rolamentos expostos. Portas que não tenham uma guarnição de encaixe própria adequada para isolar luz e barulhos.

Metrik Design

Peças sem proteção em ambientes com muita umidade e vapor, como em banheiros – pois, do contrário, podem criar fungos.  E peças voltadas para o meio externo com caixilhos que não sejam feitos de alumínio, PVC ou madeira maciça.

Estas dicas para usar uma porta de correr em sua sala de estar foram criadas pela equipe Viva Decora.

Comentários

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: